Feng Shui não é decoração.

Esta milenar arte chinesa estuda o fluxo do ki pelos espaços circundantes. Tal como um rio o ki flui pela terra, desviando-se dos objectos, acelerando em vales profundos, estagnando em planícies, e quase desaparecendo em zonas sem vida.
O ser humano também é composto de ki, chi ou prana, o chamado sopro da vida.

O objectivo do Feng Shui é harmonizar o ki do espaço com o ki dos ocupantes.
É preciso ter cuidado com “receitas” pois todos nós precisamos de coisas diferentes. O que é bom para mim pode ser mau para si e vice-versa.

As abordagens tradicionais de Feng Shui, Escola da Forma e Escola Clássica, estudam exaustivamente a envolvente, tanto exterior como interior, tentando adequa-la o melhor possível aos habitantes da casa.

Uma abordagem intuitiva reclama a casa como uma extensão corpórea dos habitantes. Como tal estes estão intimamente ligados ao espaço que ocupam. Tanto ao espaço real, como ao espaço que ocupam emocionalmente.

Numa análise de Feng Shui Feminino® percebemos os padrões e somatizações da vida, assim como os ciclos e áreas da vida mais e menos activas.

Na maioria das vezes através de pequenos ajustes no espaço conseguimos grandes mudanças na vida dos ocupantes.

LINHA

Videos de introdução ao tema:
O que é Feng Shui? | Feng Shui Simbólico? | Uma consulta de Feng Shui Simbólico | Dicas de Feng Shui

Para compreender o conceito base desta abordagem pode ter também ler:
Feng Shui, para que serve? | O Exterior | Espaço Físico e Espaço Emocional | Os Ciclos do Tempo | Simbologia Pessoal | Curas | A Intuição e o Corpo | Uma Consulta de Feng Shui

Para uma clarificação dos vários métodos pode ver aqui mais informação.