Curso Feng Shui Lunar

Curso de Feng Shui no IMP

Sofia Batalha, a autora

Uma Casa Feliz

Coleção Casa Simbólica

Explorando uma das divisões centrais de uma casa falaremos da Cozinha, um local onde acontece a verdadeira alquimia doméstica.

É um espaço de nutrição, de união, de auto-cura, de responsabilidade e de transformação.

A cozinha evoluiu bastante, sendo neste momento uma divisão confortável e central numa casa. É uma divisão que une a família, em especial se estiver aberta para a sala de estar.
Desde a antiguidade, há quem diga que o poder espiritual da mulher se encontra na cozinha e na sua capacidade de fazer alquimia, entre os ingredientes, as emoções e o fogo, para nutrir a sua tribo. É o coração da casa.
Quando usada, a cozinha torna-se o centro do universo doméstico, onde todos recorrem para se nutrirem.
A cozinha está relacionada com a auto-cura e transformação, a capacidade de cada residente de se curar e equilibrar. Está também intimamente relacionada com a energia da mãe que nutre, assim como das mulheres da casa. A cozinha representa a eterna e constante mutação da troca entre nutrir e transformar. É uma divisão que está sempre em movimento, como se o trabalho nunca estivesse concluído.

A cozinha, em conjunto com o quarto, é das divisões mais importantes de uma casa.

A cozinha tem tudo a ver com a responsabilidade pessoal de auto-cura. Com isto não quero dizer que temos todos de passar cinco horas na cozinha a fazer pratos extremamente elaborados. Mas fazer um chá no fogo do fogão pode ser um acto muito poderoso, quando feito com intenção e foco.
Quando está atulhada, significa que há muita coisa para curar e para transmutar, é preciso optar. Quando se vive na casa de outras pessoas, é preciso lembrar que há escolhas activas e passivas. Mesmo que o que esteja lá, o conteúdo, não seja nosso, influencia-nos na mesma. Em termos práticos, pôr na cozinha alguém que detesta cozinhar é contraproducente. Quando se fala em cozinhar, idealmente cozinhar, sim, isso tem a ver com activar o fogo da cozinha, está relacionado com esse processo alquímico.

Quando se activa a cozinha, ou seja, quando estamos a usá-la funcionalmente, seja a cozinhar ou a lavar, estamos a activar todo o seu universo simbólico, em nós e nos restantes habitantes da casa.