Paisagens internas e externas

ecologia,

mitologia

Escrita & arte

Remembramos a poli-poética e ecologia de quem somos.
Responsavelmente abrimos espaço nas nossas narrativas internas para abraçarmos as histórias e os sonhos do mundo, os antigos e os emergentes.

Sofia Batalha

Fundadora

Co-Regulação Ecológica

Ler artigos relacionados {Ecopsicologia}[brbl_post_list include_categories="3030" order="DESC" posts_number="24"...

O Santuário dos Monstros

Celebração dos 2 anos do lançamento do livro "Contos da Serpente e da Lua" Ilustrações de Carolina Mandrágora Prefácio...

Encantar o Monstro

TEMPO DE LEITURA - 4 MINUTOSPARTE I - Encantar o Monstro PARTE II - A Potência da AnimaEncantar o Monstro Lá de longe...

Partilho as fertilizações entre mitologia, psicologia e ecologia.
(Re)Encontramos quem somos nos limiares.

Este é um convite para que a mente racional não cale as profundezas da Alma. Precisamos de compromisso, dignidade e coragem para o aceitar, especialmente quando a razão se mete no caminho do que acredita estar certo ou que deve ser feito.
É necessário escolher o lado “errado” da encruzilhada, transgredir e ir no sentido oposto, pois de outra forma não encontramos o fio, a memória ou a melodia da Alma Ecológica e da Psique Mítica.

Sofia Batalha

Fundadora

Mantém-te a par

Subscreve a newsletter