Sofia Batalha, a autora

Coleção Casa Simbólica

Uma Casa Feliz

Curso de Feng Shui no IMP

Desde o início da história que a simbologia é uma compulsão humana.

Para entender a Simbologia universal e pessoal é importante perceber que os símbolos afectam a nossa energia pessoal. Eles tocam num nível emocional e dão forma a crenças, que moldam o comportamento e a vida. Os símbolos servem como uma lembrança física e permanente e são afirmações de verdades universais, que só o inconsciente mais profundo pode compreender na totalidade.
Os símbolos são eficazes graças à sua conexão total com a mente inconsciente. Cada símbolo tem um significado pessoal, porque acreditamos no seu significado.

Trabalhar a simbologia universal e pessoal

Trabalhar num nível simbólico é muito eficaz por duas razões. Primeiro , porque os símbolos ressoam com energias específicas. Segundo, porque quando se colocam símbolos em casa, estes trazem essa energia específica para o interior do espaço.

Se trabalharmos em conjunto, com a casa, teremos uma ajuda enorme na materialização da nossa consciência.

  • Por exemplo, o círculo é visto em muitas culturas como símbolo de unidade, perfeição ou iluminação. Ao colocar simbologia com círculos em casa, estamos a trazer a energia específica do círculo, potenciando uma mudança de Chi na casa, mas também na vida.

A ter em conta quando se trabalha com o Feng Shui a nível simbólico:

  • Quer tenhamos consciência ou não, as nossas casas estão já povoadas com a nossa simbologia pessoal
  • Não é preciso aplicar os tradicionais símbolos do Feng Shui, para que o Chi se altere. Em vez disso, devem ser escolhidos símbolos que ressoam com e que façam sentido aos habitantes. A isto chamamos de “bom Feng Shui”.
Escolha sabiamente os seus símbolos. Seleccione símbolos universais e pessoais com significado para si.

A prática de agir intencionalmente na casa é tão ou mais mais eficaz quanto a simbologia usada nos fizer real sentido. Um sentido completo, pleno e profundo. Um sentido que ressoe em uníssono com a nossa vibração do momento.

Para saber o que nos faz real sentido, temos de começar a compilar o nosso dicionário de símbolos pessoais.
De uma forma genérica deverá colocar em zonas específicas do Bagua os seus símbolos, de modo a potenciar o desenvolvimento do processo.
Claro que há símbolos tradicionais, assim como elementos de decoração que são definidos como curas para algo específico e que podem também fazer sentido.