Curso Feng Shui Lunar

Curso de Feng Shui no IMP

Sofia Batalha, a autora

Uma Casa Feliz

Coleção Casa Simbólica

Os tempos actuais são desafiantes pela sua intensidade. Pela sua exigência de presença e responsabilidade. O chamado isolamento social, que na verdade é um distanciamento físico, chama-nos a estarmos onde realmente estamos, quer queiramos ou não. Tenha boas ou más condições. Quer se alinhe ou não com as nossas expectativas. O momento pede que alinhemos as paisagens emocionais internas com as estruturais externas, a encontrar as brechas de transmutação na nossa realidade, encontrando tempo e intimidade aborrecimento ou pressão. Mas também necessidade, criatividade e novas possibilidades.

É uma intensidade que nos faz voltar, assumir e reconsiderar.
Ao estarmos de volta inteiramente ao nosso lugar ele pode amparar-nos ou aprisionar-nos.

Sentimos a casa, as suas divisões, manifestações e conteúdo de forma mais intensa e fluída. Ganhamos novas perspectivas e novos ritmos na vivência diária da casa e da vida. O tempo calendarizado invade a nossa cadência temporal única e intuitiva. Sentimo-nos tão presos quanto livres.

Cada mobília e objecto ancoram memórias de tempo, tempo pessoal convertido em dinheiro e posteriormente convertido em bens adquiridos. Quanto tempo de vida está codificado na sua casa?

Para nos alinharmos com o espaço real que nos acolhe nestes tempos extremos temos de assumir as suas capacidades e impossibilidades. Alojarmo-nos com o coração na casa real, concreta e verdadeira. Para isso sugiro uma cerimónia de união à casa, que pode ser feita individualmente ou em família.

As cerimónias e rituais abrem sempre espaço para que o surpreendente e o extraordinário aconteçam!

 

Cerimónia de União à Casa

Defina um local e tempo seguro, onde não seja interrompido, sente-se confortavelmente e feche os olhos. Relaxe sentindo inteiramente a respiração. Expirando e inspirando profundamente e lentamente.

Sinta inteiramente os pés em contacto com o chão. O seu peso, temperatura e presença. Sinta o poder da Terra. Leve a sua atenção ao topo da cabeça e sinta o pulsar o universo. Essa poderosa presença infinita e constante.

Leve agora a sua atenção ao centro do seu corpo. Não tem de ser um centro geometricamente correcto, pois pode manifestar-se em diferentes zonas, por sensações tão diferentes como de calor, formigueiro ou mesmo fresco.

Em presença deixe-se levar pelo centro, pelas sensações, pela sua vibração. Permita-se experienciá-lo na sua totalidade. Podem surgir imagens, sons, memórias ou emoções. Em confiança receba o que o seu centro tem para lhe dizer.

Conecte-se de forma inteiramente disponível com a energia da casa que o tem acolhido nestes dias. Percorra intuitivamente as várias divisões e espaços. Não o que deveria de ser, nem o que queria que fosse, mas o que é. Receba a sua reverberação, a sua energia, o seu vigor e força. Reconheça o seu amparo, a sua segurança possível. Agradeça e valide a confiança e apoio que lhe tem dado.

Podem surgir imagens, símbolos, sons, memórias ou emoções. Em confiança receba o que a sua casa tem para lhe dizer.

Renove e active os votos de união e presença em segurança. Manifeste intencionalmente a promessa de uma aliança presente.

Quando sentir o processo completo retorne e agradeça. A si e à Casa.

 

Instruções Sagradas

Pode receber instruções de efectuar alguma acção ritual e intencional no espaço de forma a selar esta união, como acender uma vela, colocar flores, passar mais tempo numa divisão, defumar, colocar ou tirar sal. As possibilidades são únicas e infinitas. Honre a informação recebida, concretizando-a no seu espaço íntimo de forma a fechar a cerimónia.