Todos temos uma matriz energética pessoal. Essa matriz é gerada pelas nossas decisões e experiências, pela nossa carta de astrologia (chinesa no caso) e pelo que escolhemos alimentar o nosso corpo físico.
Esta matriz energética reage com a matriz energética do local onde habitamos. Pode completar-se, pode opor-se, pode ser alimentada, pode ser drenada.
A forma como reagimos ao chi exterior é diferente de pessoa para pessoa. A forma como o sentimos e como o vivenciamos vai também mudando ao longo da nossa vida.
A questão importante é que cada habitante de um mesmo espaço físico tem a sua própria matriz pessoal, que interage de formas distintas com a envolvente. Posto de forma prática, pessoas diferentes reagem de forma diferente a um mesmo medicamento.
Da mesma maneira que reagimos de formas diferentes ás mesmas circunstâncias, o mesmo acontecerá com as curas de Feng Shui.

Não faz por isso sentido colocar curas genéricas nas casas e esperar que funcionem de igual modo para todos os habitantes.
É preciso cuidado da análise e interpretação do espaço, para que se crie um método de intervenção no espaço e no tempo adequado a cada habitante. Só desta maneira conseguimos curar e transformar o chi individualmente, atendendo às necessidades de cada uma das pessoas que habitam a casa.

Copyright © Serpente da Lua, Feng Shui Feminino® Sofia Batalha 2013 – todos os direitos reservados
Todos
os conteúdos deste site foram criados, organizados e estruturados em função de uma prática e experiência pessoais.
Ao usar expressões ou frases contidas nas sessões, cite a fonte, Obrigada!