DSC_0094(Aluna da Escola Nacional de Feng Shui no Instituto Macrobiótico de Portugal, Professora na Escola Nacional de Feng Shui)
Alia a intuição e o sentir à vertente clássica desta arte milenar.

Nome: Paula Moura
Nome do projecto:  Home&Soul Healing.
Email: paula.c.moura@gmail.com

O que te fez interessar por Feng Shui?
Precisava de preencher algo que estava em falta na minha vida. Na altura fez-me sentido começar pela Decoração. Depressa me apercebi que o simples “transformar ambientes” poderia influenciar, ou para bem ou para mal, a vida de quem os usava. Ora se era para influenciar alguma coisa,  que fosse para o bem e com o devido conhecimento do que estava a fazer. Na altura o Feng Shui estava a ter alguma relevância … e eis-me aqui , 10 anos depois, Consultora em Feng Shui , sempre buscando, sempre aprendendo algo mais deste grande universo.

Como foste seguindo os passos da formação? O que te fez sentido e o que não?
O meu primeiro contato com o Feng Shui, foi com o Atelier de Decoração de Anabela Oliveira, Porto. Desde aí, fui aprofundando, durante algum tempo, os meus conhecimentos em Feng Shui de uma forma didáta. Lia tudo o que conseguia descobrir no mercado e praticava o mais que podia. Foram contemplados amigos, amigos de amigos e todos aqueles que tinham paciência para me ouvir fazer muitas perguntas . Desta forma, pude construir o meu próprio Feng Shui, se é que assim se pode dizer … mas de facto, dei por mim a interpretar padrões de vida de pessoas que nunca tinha conhecido antes. Dei por mim a identificar assuntos profundo da vida de cada um sem ter qualquer formação em Psicologia ou algo do género. Foi um despertar fantástico. Mas ainda havia tanto que  aprender …  Tirei cursos de Reiki, de Desenvolvimento da Intuição (alguns níveis), de Desenvolvimento pessoal,  pratico meditação, e já estou com outros na manga.
Hoje, para além de fazer consultadoria, sou professora e coordenadora do Curso Elementar de Feng Shui, na Escola Nacional de Feng Shui , onde outrora terminei os estudos de 3 anos em Feng Shui contemporâneo e clássico.

O que não me fez ou faz sentido?
As receitas de Feng Shui. Mudar a casa das pessoas sem olhar a quem … Com Feng Shui, não estamos simplesmente a mudar ambientes. Estamos a mudar crenças. Estamos a lidar com almas em evolução, se é que me faço entender!

De que forma mudou a tua vida?
Muito resumidamente, esta constante procura em tentar perceber a essência e evolução do ser humano, levou-me a constatar que, ao pensar que estava  só a ajudar as pessoas, estava também a ajudar-me a mim própria e vice versa. Isto porque,  ao me conhecer , consigo ser mais assertiva em relação aos outros. Vejo constantemente espelhos, nos meus casos.

Queres partilhar alguma história sobre a aplicação do Feng shui na tua vida? O que resultou, o que não resultou?
Sei de um truque bem velhinho!!!!! Os meus diplomas estão a Sul … desde que os coloquei aí, tenho tido evoluções muito interessantes e ganho o respeito e admiração daqueles que me conhecem e que me procuram.

Queres deixar algumas palavras para quem se interesse por Feng Shui?
Acho que qualquer pessoa que gostar de Feng Shui, pode ter, em mãos, um potencial incrível … mas não se deixem  limitar ao que já está escrito e que foi reescrito vezes sem conta. Não acreditem em receitas . Sintam e deixem fluir a vossa intuição, voz interior, o que for … mas construam a vossa própria linguagem. Experienciem o mais que puderem e acreditem naquilo que sentem.

O que tens incorporado na tua prática pessoal e profissional? (desenho emocional da casa, conceito de espaço emocional, simbologia pessoal, ciclos lunares ou femininos…)
Desde  a interpretação de símbolos, desenho emocional da casa, noções muito humildes de Física Quântica, técnicas de desenvolvimento pessoal e tudo aquilo que me permita interpretar aquilo que estou a ver,  e que tenha aprendida até à data. E claro… Feng Shui Clássico